Estabelecer um planejamento para gerenciar os pacientes com doenças crônicas é fundamental para a operadora de planos de saúde que deseja obter mais eficiência e resolutividade em relação aos cuidados com esse grupo.

Por que fazer o planejamento?

O que a Operadora deseja obter com isso? Quais os objetivos e os resultados esperados? São perguntas importantes a se fazer para elaborar um bom planejamento para a gestão dos crônicos. Em geral, costuma-se responder: melhorar a assistência, atendimento e acompanhamento.

No entanto, é importante considerar que esses objetivos devem ser traduzidos em metas claras, que possam ser demonstradas por meio de indicadores mensuráveis.

O planejamento é uma ferramenta que reúne dados e ações que a organização deve tomar para que consiga alcançar as suas metas ou objetivos de maneira mais eficiente. Na perspectiva de uma operadora de planos de saúde, pode contribuir para a gestão dos crônicos. Mas, como? Ajudando a criar, por exemplo, um cronograma de atividades ou planos de cuidados.

Qual é a importância do planejamento para o gerenciamento de crônicos?

O planejamento se apresenta como uma solução que garante diferencial no gerenciamento de crônicos. A partir dessa ferramenta, a Operadora pode estabelecer um plano de cuidados com maior rigor e, assim, fazer com que esse grupo receba um atendimento de qualidade, previamente planejado para um tratamento adequado com cada caso.

Por isso, o planejamento é uma importante ferramenta para a criação e gestão do plano de cuidados voltado para os crônicos, pois amplia a visão do especialista e garante que ele siga uma metodologia de trabalho previamente idealizada.

Planos de cuidados e plano ambulatorial

O planejamento é uma forma inteligente de administrar não apenas a sua carteira de beneficiários, em geral, mas também é uma excelente maneira para criar plano de cuidados ou ambulatorial com tudo que é preciso para que o paciente receba a devida assistência domiciliar, de acordo com o seu caso.

Nesse sentido, vale a pena destacar a plataforma Loggi, que ajuda a sua Operadora a criar o plano de cuidados para melhor gerir os crônicos. Além disso, ela permite criar um cronograma de atividades, organizando e planificando funções como atendimento, acompanhamento e revisão de planos.

Essa solução conta com a função de personalização dos programas de atenção e promoção à saúde, o que, na prática, significa que o especialista pode personalizar o atendimento médico em relação a determinado paciente que sofre de doença crônica.

O efeito prático do uso da Loggi é um melhor atendimento e acompanhamento aos beneficiários e a melhor gestão e produtividade para a Operadora.

Gostou deste conteúdo e deseja ler outros? Então não deixe de acompanhar as publicações em nosso blog. Estamos sempre compartilhando conteúdos que podem enriquecer ainda mais os seus conhecimentos.

Planejamento é a chave para o gerenciamento de crônicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: